Itaipu alterou o clima da região?

Uma notícia interessante me chamou a atenção hoje pela manhã. Segundo o SopaBrasiguaia há uma ação de indenização no STJ contra a Itaipu Binacional, cujo valor seria bilionário.
Encontrei o acórdão no site do STJ (íntegra do acórdão), no qual consta que os autores da ãção pleiteiam uma indenização pelos prejuízos e lucros cessantes relativos à diferença de produtividade em suas propriedades agrícolas, causada pelas alterações microclimáticas que teve como motivo a criação do Lago de Itaipu e pela "cortina verde" formada em momento posterior à formação do lago.

Ainda segundo o acórdão, poderia haver uma redução de 70% da produtividade nas áreas afetadas, num raio de até 30 metros.
De acordo com moradores mais antigos de Foz do Iguaçu, nosso clima era muito mais ameno antes da construção da hidrelétrica de Itaipu, com um verão um pouco mais SUPORTÁVEL e menos abafado. Confesso que duvidava da relação da Itaipu com essa alteração climática, mas agora realmente acredito que pode haver uma relação sim.
E nada mais justo que os mais prejudicados sejam ressarcidos.
Voltando ao acórdão mencionado, apenas se decidiu que o Tribunal Regional Federal deverá se manifestar quanto aos prejuízos advindos da formação da "cortina verde", mormente quanto à contagem do prazo prescricional nessa hipótese, ou seja, essa questão ainda levará alguns anos para ser definitivamente resolvida.
Uma questão que não foi levantada no acórdão é o fato de que no art. 53, inc. I, da Lei n° 9.605/98, consta o seguinte:

"Art. 53. Nos crimes previstos nesta Seção, a pena é aumentada de um sexto a um terço se:

I - do fato resulta (...) a modificação do regime climático;"

Algum comentário?

Nenhum comentário: