Polícia Federal e bancos se unem para combater crimes digitais

Não é uma boa notícia para os hackers que cometem crimes digitais contra instituições bancárias.

No primeiro trimestre de 2010, todas as fraudes que envolvem internet banking e clonagem de cartões no Brasil serão consolidadas em uma base nacional de fraudes eletrônicas bancárias da Polícia Federal, com o objetivo de fortalecer o combate a crimes digitais.

O primeiro passo para a consolidação foi a assinatura de um acordo de cooperação técnica entre a Polícia Federal e a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) há cerca de dez dias, em Brasília (DF), informa o chefe da Unidade de Repressão a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal, delegado Carlos Eduardo Miguel Sobral.

A iniciativa passa a incorporar incidentes de bancos privados a um sistema que entrou no ar em fevereiro deste ano para digitalizar todos os incidentes de fraudes eletrônicas registrados pela Caixa Econômica Federal. “Agora com este convênio junto à Febraban conseguiremos enxergar toda a movimentação da fraude financeira no Brasil, o que nos traz um ganho de qualidade no combate às fraudes”, afirma Sobral.

Mais sobre o assunto.

Nenhum comentário: