Chargeiras: História da repressão às fraudes aduaneira através das charges.

Rir é o melhor remédio, não é mesmo? Aproveito o espaço para divulgar mais duas charges que contam a história da repressão às fraudes aduaneiras no Brasil retiradas da revista já centenária "O Malho" .

1909: "Continuam os contrabandos, a despeito da fiscalização aduaneira ou... por isso mesmo".



Há mais de cem anos que se tem a percepção que o contrabando é gerado pela burocracia administrativa, ou seja, as pessoas optam por vias escusas já que pelas vias normais é quase impossível realizar uma operação de comércio exterior no Brasil.

1913: Os fructos do protecionismo. 



Escolhi esta charge porque ela complementa o raciocínio anterior, apontando os malefícios do protecionismo ao argumentar que tal política apenas beneficia alguns grupos econômicos e causa prejuízos aos consumidores.

Nenhum comentário: